2006

Obras que participaram da 1a. Mostra CineTrabalho (2006):

Caminhar é preciso
Documentário, Super 8, (SP) 1997 – 10’
Direção: Lucas veja
Produção: Jorge Vega e Simone Aranha
Uma homenagem à marcha do MST que, após dois meses de caminhada, chega à Brasília, na maior manifestação que a cidade já viu.

Correntes
Documentário, Mini DV, (SP) 2005 – 58’
Direção: Caio Cavechini e Ivan Paganotti
Produção: ONG Repórter Brasil
“Correntes” parte da luta dos abolicionistas contemporâneos para descrever a trajetória dos trabalhadores escravizados na fronteira agrícola brasileira.

Escravidão
Documentário, Mini DV, (RJ) 2004 – 18’
Direção/Produção: José Carlos Asbeg
O resgate de um grupo de trabalhadores em uma fazenda no Pará e a análise do trabalho escravo no Brasil, na visão de Nilmário Miranda, Padre Xavier Plassat, Patrícia Audi, Mario Lúcio Vaz, Guilherme Pedro Neto, Ruth Vilela, Marina Cardoso Dantas, Francisco Fausto de Medeiros.

Feliz ano novo, veio! O facão de 1999 na montadora do ABC – Dramaturgias da autonomia 1
Documentário/vídeo etnográfico, Mini DV, (SP) 1999 – 42’
Direção: Ana Lúcia Feraz
Produção: Laboratório de Imagem e Som em Antropologia – LISA/USP
“Feliz ano novo, veio!” acompanha o movimento dos trabalhadores demitidos da Ford de São Bernardo do Campo (SP), em sua resistência às 2.800 demissões no Natal de 1999.

Foi através da necessidade – Dramaturgias da autonomia 2
Documentário/vídeo etnográfico, Mini DV, (SP) 2003 – 20’
Direção: Ana Lúcia Feraz
Produção: Laboratório de Imagem e Som em Antropologia – LISA/USP
“Foi através da necessidade” acompanha a história de um grupo de trabalhadores sem teto em Osasco (SP), que se defronta com o Estado em sua luta pelo direito à moradia.

José Alcides da Silva
Documentário, VHS, (MG) 2006 – 17’54’’
Direção/Produção: Dori Otoni, Eduardo Bernard, Karla Viana, Marcus Tulius
José Alcides da Silva é um catador de materiais recicláveis, que trabalha nesta profissão há mais de 20 anos, com sua família. Ele lê jornais, acompanha o trabalho dos vereadores e como muitos catadores é um cidadão que tem esse trabalho informal por falta de opção. “É um trabalho em que a gente se suja, mas toma um banho e fica limpo”.

Pequena Casa Grande Senzala
Documentário, VHS, (BA) 2003 – 5’30’’
Direção: Rosalvo Neto
Produção: Gustavo Lomi
“Pequena Casa Grande Senzala” é um documentário que demonstra a dura realidade da trabalhadora doméstica, através de depoimentos que contextualiza essa condição.

Advertisements