2008

Obras que participaram da 3a. Mostra CineTrabalho (2008):

A Garota
Ficção, Animação digital, (MG) 2006 – 4’03”
Direção e Produção: Fernando Pinheiro
Condenada por brincar. A estória de uma menina em preto e branco e uma boneca em aquarela numa pintura sobre tela.

Boca no Lixo
Documentário, Mini DV, (GO) 2007 – 19′
Direção: Lígia Benevides e Marcela Borela
Produção: Marcela Borela
Um recorte sobre a questão do lixo na visão daqueles que trabalham diretamente com este subproduto da humanidade. Varredores de rua e coletores de lixo domiciliar abrem suas bocas para falar sobre o trabalho de limpeza urbana que executam e sobre a problemática do lixo, na qual estão diretamente inseridos.

El Galpón. El poder desde nosotros
Documentário, Mini DV, (Argentina) 2008 – 21′
Direção: Andrea Blanco y María Eugenia Cabrera
Produção: Graciela Dellatorre
La crisis del 2001 marcó un punto de inflexión en la hegemonía neoliberal. Gran parte de la población dijo “basta” y se expresó bajo la consigna “que se vayan todos”. En los barrios del conurbano bonaerense en Argentina, surgieron diversas organizaciones sociales que intentaron, mediante distintos procesos de participación, responder colectivamente a los problemas y desafíos que la realidad les iba imponiendo. “El Galpón” en Moreno (Pcia. Buenos Aires, Argentina) busca romper la lógica del “muro” del barrio, vincularse con otras organizaciones y continuar “la lucha en la calle” junto con otros. En el origen la apuesta firme por la sobrevivencia, pero también por un hacer colectivo, expresión de las utopías. Saberes, experiencias y sueños de un grupo de mujeres y hombres que dan vida al Galpón expresan la compleja trama de la realidad actual y nuestra historia en la búsqueda por transformarla.

Frames
Documentário, Câm. fotog. digital, (ES) 2008 – 18’26”
Direção e Produção: Edson Ferreira
Um dia, múltiplas lentes. Da redação do jornal às ruas de Vitória, três repórteres fotográficos registram histórias de morte, paixão e poder.

Migrantes
Documentário, Mini DV, (RJ) 2007 – 45′
Direção: Beto Novaes, Francisco Alves e Cleisson Vidal
Produção: MP2 Produções
“Migrantes” é um documentário que retrata as condições de trabalho e vida dos trabalhadores do Nordeste nos canaviais das modernas usinas paulistas e os motivos que os levam a migrarem de suas terras para submeterem-se a um trabalho árduo, penoso, arriscado no corte da cana. Nos canaviais eles ficam sujeitos a uma nova disciplina e submetidos a um ritmo de trabalho que os colocam no limite de suas capacidades físicas: são obrigados a cortarem, no mínimo, 10 toneladas de cana/dia para permanecerem empregados. A produtividade aumentou, as dificuldades no trabalho também, os ganhos continuam insuficientes. Mesmo assim estes trabalhadores, super-homens da produção, migram por necessidade. A realidade destes trabalhadores do agronegócio da cana é desafiadora para a sociedade e autoridades brasileiras. Como reverter esta situação? Este é o maior desafio que o vídeo documentário coloca em cena.

Nas Terras do Bem-virá
Documentário, Mini DV, (SP) 2007 – 110′
Direção: Alexandre Rampazzo
Produção: Tatiana Polastri
Em busca da terra prometida, milhares de severinos deixam suas casas e seguem rumo à Amazônia. O longa costura vários casos de conflitos envolvendo esses “severino”, que caíram no trabalho escravo, perderam suas terras e lutam pela Amazônia.

O Herói da Carruagem Mágica
Documentário, Mini DV, (SP) 2007 – 15′
Direção: Philippe Bertrand
Produção: Alessandra Vidotti e Philippe Bertrand
Cordel-documentário sobre o sonho de um coletor de lixo reciclável, que transformou livros encontrados no lixo em uma grande biblioteca no Edifício Prestes Maia.

Possante Velho de Guerra
Documentário, Mini DV, (CE) 2008 – 20′
Direção e Produção: Carlos Normando
No Ceará, proprietários de veículos velhos, muito velhos mas ainda em circulação, contam suas histórias bizarras sobre seus instrumentos de trabalho.

Tantakuy. Tramas al sol
Documentário, Mini DV, (Argentina) 2008 – 25′
Direção: Marcelo Hernández
Produção: Graciela Dellatorre
Miles de trabajadores bolivianos se vieron forzados a migrar buscando mejores condiciones de vida. Llegaron a Escobar y se encontraron con una sociedad que les cerró muchas puertas por su condición de inmigrantes latinoamericanos y les abrió otras que conducen a trabajos mal remunerados y a pésimas condiciones humanas de existencia. Un grupo de mujeres de la comunidad boliviana (residentes en Escobar, Pcia de Bs. As) se organizan para enfrentar las problemáticas que las afectan como parte de un grupo de inmigrantes en la Argentina expuesto al trabajo precario y la discriminación.

Lolô S.A.
Documentário, Mini DV, (CE) 2007 – 15′
Direção e Produção: Carlos Normando
Seu Lolô é um senhor de quase 80 anos e que vende pão de porta em porta na cidade de Campos Sales-CE. Ele fabrica e vende também o “Lambedor do Lolô” que, segundo ele, cura tudo!

Advertisements